Monday, November 20, 2006

Utilizador tlmv

Pois é, pois é...

Faltam 3 dias para iniciar a minha nova aventura, e entretanto decidi voltar por estes lados com um tema que me assola o espírito há já algum tempo.

Nos dias que correm, um "indibiduo" só tem identidade a partir do momento em que possui um telemóvel. A verdade é que já ninguém no dia a dia faz marcações, a tipica frase "...quando chegar dou-te um toque..." ou "...eu ligo-te a saber onde estás..." tornaram obsoletas as campainhas das portas e o ponto de encontro.
Aquelas angustias de chegar ao cinema e ser-se o primeiro a chegar e nos 5min seguintes até aparecer mais alguém, surgiam as dúvidas: "...será que marquei no sítio certo? Será que compreendi que era aqui ou no Batalha?" Hoje em dia, chega-se e liga-se com a frase imediata... "...onde é que estás?" Nem um "olá", ou um "tá tudo", é logo a violação de privacidade máxima que é..."onde é que estás?"

Faço já a ressalva que eu não sou um velho do restelo, e posso dizer que não consigo viver sem telemóvel. Sou totalmente adepto destes novos gadgets e se me arranjarem um telefone que tire cafés além das máquinas fotograficas e de filmar, eu sou o primeiro a desejá-lo.
Comprá-lo é diferente, porque a vida não está fácil e ser-se o possuidor de um topo de gama da Nokia, ou da Sony-Ericsson é só para aqueles que têm dinheiro ou então, para os que tem a necessidade aboluta de trocar o "Topo de Gama" do mês passado pelo "Topo de Gama" deste mês. Senão correm o risco de não ter assunto à mesa do café da esquina e passarem para segundo plano.

Mas o pior de tudo, é que o nosso país, apesar de extremamente adepto às novas tecnologias é também o Maior na ostentação. Isso vê-se na quantidade de Ferraris per capita ali na zona de S João da Madeira, ou então na constante utilização e actualização de novos equipamentos celulares. Isto leva a situações caricatas em que "certos e determinados indibiduos" (expressão do gato fedorento) tenham na sua posse telemoveis com a capacidade de processamento para por uma pequena nave na lua, e os seus utilizadores são incapazes de fazer uma chamada porque só aprenderam a contar até 7 na primária e os números de telefone começam todos por 9.

O que interessa é que o ecrân tenha 256000 cores, tenha memórias para 10.000 numeros de telefone e e-mails, apesar de só conhecer 10 pessoas e não utilizar internet.
Os toques tem de ser polifonicos e reais e tem que tocar mais alto que o da mesa ao lado, de preferencia o toque da ultima musica do Shaggy ou do Snop Dog. Se eu for uma pessoa insegura e com necessidades de afirmação, vou por a musica do Noddy, para mostrar que sou cool e não ligo a essas tendências da moda.

Aí vão 10 regras para o utilizador do telemóvel:

1. - O telemovel foi feito para telefonar - Qualquer outro tipo de utilização é por conta e risco do utilizador e directamente proporcional ao local onde é utilizado... vou-me calar antes de entrar na pornada...
2. - Se não liga é porque não tem bateria, se não carrega está avariado...a culpa não é do teu operador, nem do fabricante do telemovel, o 1 primeiro mandamento é claro nesse aspecto....
3. - A rede é omni - presente, mas não esperes que ela chegue à sub Cave ou à casa de banho no meio de 10 divisões da casa...já agora telefonar da casa de banho? Lembra-te do primeiro mandamento
4. - Se não sabes programar a televisão ou o video, não estás habilitado a usar um telemóvel. Continua a usar os telefones da rede fixa que a PT Comunicações não pode perder mais quota...
5. - Não cobices o telefone do vizinho, pode ter mais luzes e cores mas avaria mais vezes...apesar de ele nunca o admitir
6. - Honra o teu operador pagando as facturas e fazendo os carregamentos, se não o fizeres a culpa de ficares sem serviço não é dele...
7. - Não insultes o teu operador, os outros dois têm exactamente os mesmos problemas que o teu, apesar dos teus amigos que usam os outros nunca admitirem que também não tem rede na Sub Cave...
8. - A água não gosta do teu telemóvel...se ficou gorduroso com a tua orelha...não o limpes com água ou qualquer outro tipo de liquido.
9. - As marcas de telemóvel não são responsáveis por avarias no teu telefone derivadas de quedas. A Nokia e a Motorola não têm culpa de teres mãos de manteiga. Partiu o visôr...azarito compra um novo que agora até são baratos...
10. - Lembra-te sempre do 1º Mandamento, em determinados sitios a utilização do telemóvel pode ser muito dolorosa...

Pronto... Assim de repente já não tenho mais nada para dizer...confesso que este post serviu para lavar um bocadinho a alma...a última que ouvi reza assim: "Essa campanha das 24horas?!?! Isso é o quê? Dura um dia, uma semana ou um mês????" Dhaaaaa!!!!

Saudações

DiNiS - "O quase Viajante" - 1980

3 comments:

tero said...

Muito bom!

DiNiS said...

=;)

Anonymous said...

Realmente, é caso para dizer, qual Bruno Nogueira no seu melhor estilo: "SADOF!! Muito bommm!!"

E se há coisa que, de facto, detesto uma delas é ouvir, quer seja comigo ou com qualquer outra pessoa, a "pérola"... "Onde é que estás?!" Claro que já tive que explicar à minha mãe, por exemplo, que isso não era importante. E a uma amiga já lhe retruquei um "E tens alguma coisa a ver com isso?! Olá, tás bem? O que é que queres?!"... Enfim, são os [feios] costumes provocados pela modernidade.

Fica bem.