Friday, February 17, 2006

o EstaTuto!!!

Pois é, pois é...

Após este desbloqueador de conversa, vinha relatar um pensamento que me ocorreu no meio de um intervalo para café numa daquelas salas pequenas e imundas destinadas aos fumadores que felizmente há um ano que não sou...

Estava eu a saborear um café muito mau, quando entra na sala uma rapariga minha conhecida, agora Mulher porque recentemente casou... Quando eu digo recentemente foi há 2 ou 3 meses, mas o que é chocante é a atitude agora assumida e a transformação comportamental sofrida...Costas direitas, aumento de força e presença, atitude, responsabilidade e personalidade forte...no fundo uma mulher casada, superior a todas as outras "encalhadas"...

Este tipo de comportamento é cada vez mais comum, mulheres que dão o laço, assumem que a partir desse momento adquiriram um conhecimento que as torna mais sábias e opinativas sobre a vida daqueles que felizmente vivem a sua felicidade a sós...

Amigas, grande notícia que deve ser novidade para vocês, o facto de terem começado a ter relações dentro das graças da Igreja, e finalmente caírem nas boas graças dos vossos pais, a grande diferença nas vossas vidas para as nossas é o compromisso que agora só têem um parceiro...
Tudo o resto é igual e ao contrário de vocês, nós os encalhados, vamos ter que continuar a viver as nossas vidas coloridas e não monótonas sozinhos...

Que fique aqui bem claro que eu não sou contra o casamento ou o ajuntamento, e sou totalmente a favor as pessoas que em consciência aceitam um parceiro(a) para o resto da vida e lhe devotam o seu amor eterno (que sorte a deles)...
Agora, quando após um curto período de namoro em que do nada surge um amor inflamado (leia-se em vez de amor outro tipo de inflamação), um casamento decidido em meia dúzia de meses ( só não foi mais rapido porque as quintas da moda estavam todas ocupadas) e dois meses depois de dar o nó a miuda foi descobrir a luz e tornou-se dona da sabedoria...não há pachorra!

Sinceramente acho que ainda está na fase em que lavar as boxers do marido é uma declaração côr-de-rosa de paixão...

Desculpem lá o vinagre nas palavras, mas há alturas em que o convívio com certos elementos da minha espécie me dá uma azia... Menino!!!

Saudações

D

PS - é pena a chuva...senão aproveitava e ia voar baixinho...

3 comments:

tero said...

como eu concordo com isto...como se pode comparar amar uma pessoa com fazer um contrato com essa mesma pessoa!

Monica said...

Meu deus, que azedo que estamos... Há quem ache que isso é a felicidade. Se sao felizes assim...?

Ass: mais uma encalhada (por opçao, claro)

Ana said...

Obg pelo link ;) farei o mesmo para o teu blog no bezuntas!